Ozonioterapia

A Ozonioterapia é um método complementar à medicina tradicional, no qual consiste na administração de uma mistura de ozônio e oxigênio medicinal na parte do corpo que precisa ser tratada. .

Esta mistura que é composta por 95% oxigênio medicinal e 5% de ozônio produz uma série de benefícios capazes de neutralizar uma série de doenças.

​O Ozônio em si, é uma molécula procedente do oxigênio existente na natureza, cuja principal propriedade é o poder oxidante. Essa molécula já está presente no nosso organismo, no processo de ativação dos anticorpos, o que garante a inexistência de alergias ao elemento.

A Ozonioterapia atua na melhora da oxigenação sanguinea, regula o sistema imunológico, controla a dor e a inflamação, e simultaneamente a isso, ocorre a melhora na circulação sanguínea, atributo que amplifica a possibilidade de atuação da terapia, haja visto que a maioria das doenças tem um ou mais desses elementos interligados. ​ ​

A Ozonioterapia ou Ozônio Medicinal existe há mais de um século como prática da medicina não convencional em vários países da Europa. É reconhecida pelo sistema de saúde da Alemanha, China, Rússia, Cuba, Portugal, Espanha, Grécia, Turquia e de vários outros países em todo o mundo, além de ser praticada em 32 estados dos Estados Unidos da América.

​A Ozonioterapia está regulamentada no Brasil desde 2017 e passou a integrar o rol de práticas da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), no Sistema Único de Saúde (SUS) em março de 2018.